A TUA RÁDIO NO SUL - 102.7FM

JÁ TOCOU
 
A TOCAR
 
VAI TOCAR
 
Município de Faro adjudica empreitada para implementação de sistema de videovigilância

Data

Sistema vai contar com 32 câmaras em várias pontos da cidade, nomeadamente na baixa da cidade e nos principais eixos rodoviários, sendo operado e monitorizado pela PSP.

Empreitada implica investimento de 448.420 euros, acrescido de IVA

O Município de Faro adjudicou no passado dia 24 de março à sociedade Soltráfego – Soluções de Trânsito, Estacionamento e Comunicações, S.A. a empreitada de ampliação da rede de fibra ótica e instalação do sistema de videovigilância na cidade. Ao todo, o Município vai investir um valor de 448.420 euros, acrescido de IVA, para preparar a infraestrutura de suporte e implementar este sistema que vai permitir instalar 32 câmaras em vários pontos da cidade, nomeadamente na baixa e nos principais eixos rodoviários da cidade.

A instalação e funcionamento do sistema de videovigilância vai permitir a proteção de segurança das pessoas e bens, públicos ou privados, bem como a prevenção  da prática de crimes, nomeadamente em locais onde existe razoável risco da sua ocorrência. Simultaneamente, este sistema,  permitirá a prevenção e repressão de infrações rodoviárias.

Após a sua instalação, este sistema, cuja implementação obteve parecer positivo da Comissão Nacional de Proteção de Dados, vai funcionar ininterruptamente, 24 horas por dia, em todos os dias por semana, sendo operado pela PSP, permitindo a captação e gravação de som, sempre que se verifique uma situação de perigo concreto para a segurança de pessoas e bens.

As 32 câmaras – que terão quatro tipologias distintas, de acordo com o objetivo das mesmas – serão instaladas em vários pontos da cidade, nomeadamente na zona comercial e baixa da cidade e nos principais eixos rodoviários.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, a adjudicação deste contrato “é o resultado de um longo trabalho realizado em estreita colaboração com a PSP, que operacionalizará este sistema de videovigilância em locais nevrálgicos da cidade, o que vai permitir reforçar o sentimento de segurança entre os residentes e os cada vez mais visitantes da nossa cidade e concelho”.