A TUA RÁDIO NO SUL

JÁ TOCOU
 
A TOCAR
 
VAI TOCAR
 
BULLDOG sobe ao palco do IPDJ em Faro

Data

Máscara e Teatro físico sobre o tema do bullying no IPDJ este fim de semana.

BullDog, a nova criação original, de Máscara e Teatro Físico, do JAT – Janela Aberta Teatro sobe ao palco do IPDJ nos dias 07, 08, 09 e 10 de Outubro, em Faro. Depois da estreia em Julho, que encantou o público do Teatro das Figuras, o espetáculo BULLDOG regressa, propondo duas sessões para escolas, já esgotadas, e duas datas para o público em geral, Sábado dia 08 de Outubro às 21h00 e Domingo dia 09 de Outubro às 17h00.

Com encenação de Miguel Martins Pessoa e Diana Bernedo é um espetáculo sem palavras, de grande exigência física, elegância, precisão de movimento e interpretação, que revela a vulnerabilidade humana numa temática muitas vezes vivida em silêncio. De forma poética e simbólica, BullDog aborda temas sociais e humanos, como o bullying, a amizade, o amor e a família, e promete levar o espectador a uma viagem trepidante, através da vida dos personagens.

A sinopse revela que o primeiro dia de aulas, depois das férias, é o mote que dá início à peça. Quatro jovens, com personalidades distintas, vivem histórias de amizade, amor e violência, naquele espaço social que marca a nossa adolescência e as nossas vidas: a escola.

Um espetáculo de máscara expressiva, sem palavras, que combina comédia, drama, reflexão e esperança, interpretado pelos atores André Canário, Diana Bernedo, Fernando Cabral e Tânia Silva. A construção das máscaras ficou a cargo da arquiteta Ambra Zotti, do SuperFlash Sudio.

Criar este espetáculo foi um desafio que o JAT propôs levar a cabo, por sentir que o público merece descobrir e sentir a riqueza e o poder deste tipo de máscara silenciosa, através da qual o jogo é minucioso e objetivo. As sessões escolares são também parte de um trabalho de mediação cultural que o JAT quer continuar a desenvolver. BullDog surgiu a partir do Ciclo Emergente 2, programa de apoio do Teatro das Figuras e da Câmara Municipal de Faro. Conta também com o apoio do Cineteatro Louletano, da Câmara Municipal de Loulé, da Direcção Reginal de Cultura do Algarve e do Instituto Português de Desporto e Juventude.

Sediado em Faro, Portugal, o JAT – Janela Aberta Teatro nasceu do desejo de formar uma companhia especializada em Teatro Físico. Um teatro onde a fisicalidade do artista cénico assume especial relevância, e a pesquisa do corpo poético e extra-quotidiano é colocada ao serviço de novas dramaturgias. Um teatro que não necessita do uso da palavra, mas que não a deixa de parte.

A companhia é dirigida por Diana Bernedo, atriz e encenadora basca, e Miguel Martins Pessoa, ator e encenador português. Entre as suas criações originais destacam-se os espetáculos Algo de Macbeth, As Bodas de Prata do Conde Baldinski, Cocktail da Evolução, Cinema Miami, Sai da Frente e Asas de Papel. Paralelamente à criação de espetáculos, o JAT desenvolve um forte projeto de Formação Teatral no Algarve, sendo solicitado para dirigir oficinas e workshops em Portugal, Inglaterra, Espanha e Itália.

O Teatro Comunitário é outro dos domínios de atuação da companhia, com a criação de projetos de índole social, cultural e participativo.

O JAT organiza o MOMI – Festival Internacional de Teatro Físico – Algarve, que terá a segunda edição em 2023.