A TUA RÁDIO NO SUL

JÁ TOCOU
 
A TOCAR
 
VAI TOCAR
 
Festival F regressa a Faro de 1 a 3 de setembro com Bárbara Bandeira, Dino D’Santiago, AGIR, Miguel Araújo, e muito mais

Data

A sétima edição do Festival F, que decorre de 1 a 3 de setembro na Vila Adentro, o centro histórico de Faro, marca o regresso em pleno do último grande festival de verão. Com 9 palcos – Ria, Sé, Quintalão, Magistério, Museu, Músicos, Castelo, Arco e Arraial – e perto de meia centena de artistas anunciados hoje, o Festival F mantém a Ria Formosa como pano de fundo para receber a grande família da música portuguesa

Agir, Bárbara Bandeira, Chico da Tina, Danni Gato, Dino D’Santiago, HMB, Ivandro, José Cid com Orquestra Clássica do Sul, KURA, Julinho KSD, Karetus, Marco Rodrigues, Miguel Araújo, Nenny, Pedro Mafama, Richie Campbell, Syro, The Black Mamba, Vitão ou Wet Bed Gang, são alguns dos nomes que foram anunciados em conferência de imprensa, num cartaz que junta artistas consagrados aos mais  jovens que marcam a atualidade da música, reforçando assim o Festival F enquanto festival agregador de público de vários géneros e idades.

“O Festival F é a grande sala de estar da música portuguesa, é o parque de diversões onde a magia acontece e os mais improváveis encontros se verificam. É uma radiografia muito assertiva do que é a música portuguesa da atualidade e decorre num espaço muito especial que conjuga, como muito poucos outros em Portugal, património natural, património industrial e património histórico, a Vila Adentro de Faro. Visitar o F é uma oportunidade única e é uma das propostas mais irresistíveis do verão cultural português”, diz Vasco Sacramento, programador do festival F.

A pré-venda de passes gerais e bilhetes diários decorre até ao final de julho, permitindo adquirir as primeiras 1.000 entradas por um valor mais acessível.

Depois de ter atravessado dois anos de pandemia num formato especial, as Noites F, garantindo a segurança do público que compareceu em massa e mantendo o apoio ao setor da música e aos seus profissionais, o Festival F regressa ao seu formato habitual este ano, para dar continuidade à edição histórica de 2019. Recorde-se que nesse ano o Festival F bateu o recorde de afluência de público, tendo levado a Faro perto de 60.000 pessoas e esgotado uma das três noites, recebendo 24.000 pessoas no recinto. Entre as suas primeiras 6 edições e as Noites F, a organização já recebeu mais 300 artistas, numa missão clara de apoio à música portuguesa.

Rogério Bacalhau, Presidente da Câmara Municipal de Faro revela que “É uma alegria enorme poder voltar a organizar e trazer o Festival F à Vila Adentro, depois de dois anos em que não aconteceu nos moldes habituais devido às contingências da pandemia, muito embora a marca F tenha estado sempre presente através das Noites F. Ao longo deste período, Faro foi, aliás, dos municípios que mais persistiu na ajuda ao setor cultural, tendo sempre feito questão de se adaptar às exigências de cada momento para que o F, a cultura e a música portuguesa nunca perdessem o seu espaço ao longo destes dois longos anos.    

Devido à afluência em 2019 e à expectável para a edição deste ano, o Festival F aumenta para nove o número de palcos, de forma a permitir uma maior mobilidade e segurança do público, garantindo mais opções de circulação. Surge assim um novo palco, Magistério, e uma nova área, o Arraial do F.

Em 2022 o Festival F volta a apresentar uma programação paralela ao cartaz musical, mantendo as tertúlias diárias, cujos temas e convidados serão anunciados em breve, somando exposições de arte contemporânea na Fábrica da Cerveja às que se encontram patentes no Museu e na Galeria Trem e voltando a apostar na Stand Up Comedy com Hugo Sousa, João Pinto, Inês Coimbra e Youre Cabral no dia 1; Alexandre Santos, Eduardo Pita Negrão, Daniel Silva e André Pinheiro no dia 2; e Dário Guerreiro, Juan Pereira, Madalena Malveiro e Ricardo Maria a 3 de setembro.

O Festival F é uma iniciativa do Município de Faro, do Teatro Municipal de Faro, S.M., da Ambifaro e da produtora Sons em Trânsito.