A TUA RÁDIO NO SUL

JÁ TOCOU
 
A TOCAR
 
VAI TOCAR
 
Encontro de Música Antiga de Loulé regressa para ajudar a desmistificar sonoridades eruditas

Data

A partir deste sábado, dia 8, e até ao final do mês de outubro, o XXII Encontro de Música Antiga de Loulé Francisco Rosado está de volta para apresentar um programa artístico internacional, com concertos de reconhecida qualidade que acontecem nas igrejas do concelho.

O Encontro contará nesta edição com artistas de Portugal, Holanda, Itália, Espanha e França, com propostas musicais que se estendem da Idade Média ao século XIX, integrando 7 momentos musicais e 2 atividades pedagógicas, até porque este é um aspeto muito importante na filosofia desta iniciativa – promover a parte didática e contribuir para desmistificar a música clássica.

O evento arranca na Igreja de Nossa Senhora da Assunção, em Alte, às 21h00 de dia 8, com o concerto “Luzes e sombras: Arias de cantatas italianas e alemãs do Barroco”, pelo Ensemble Armilar. Trata-se de um agrupamento formado por intérpretes portuguesas, cujo programa se dedica inteiramente à música escrita originalmente para soprano, flauta de bisel e baixo contínuo, na Europa do século XVIII.

O público terá a oportunidade de ouvir dois grandes solistas que dedicam o seu trabalho aos instrumentos barrocos: no dia 14 de outubro, às 21h00, a Igreja de N. Srª de Fátima, em Almancil, receberá o guitarrista e alaudista Tiago Matias, num concerto dedicado às canções dos trovadores do século XVII; e a 15 de outubro, pelas 19h00, na Igreja de S. Francisco em Loulé, a flautista e conhecida youtuber Sarah Jeffery, num interessante momento musical centrado na viagem histórica da flauta de bisel, com o apoio da tecnologia eletrónica.

A viola da gamba será a protagonista do concerto que se segue, pelo grupo italiano Guerra Amorosa – “Sonatas para Viola D’Amore e Barítono” -, cujo repertório nos levará numa viagem aos finais do século XVIII. É no dia 22, a partir das 21h00, na Igreja de Nossa Srª da Assunção, em Querença. E ainda no mesmo fim de semana, a 23, pelas 21h00, vindo de Espanha, o Vandalia Ensemble apresentará, pelos afetos das vozes e harpa, o Cancioneiro de la Sablonara – de Madrid à Baviera. O concerto decorre em Quarteira, na Igreja de Nossa Srª da Conceição.

A Igreja Matriz de Loulé encher-se-á de música vocal e instrumental da Idade Média, com o conhecido grupo Alla Francesca, de França, a 29 de outubro.

Para encerrar o XXII Encontro, o Ensemble de Flautas de Loulé volta a marcar presença nesta iniciativa. Desta vez convida a classe de harpa do Conservatório Nacional para um concerto conjunto no dia 30, às 19h00, na Igreja de S. Sebastião, em Boliqueime.

A edição deste ano do Encontro contará, complementarmente, com uma forte componente pedagógica, através da realização de uma palestra de guitarra barroca, com Tiago Matias, e uma masterclass de flauta de bisel, com Sarah Jeffery. O objetivo é dar a conhecer às novas gerações de estudantes de música, os instrumentos barrocos e o seu repertório, bem como estabelecer uma relação direta entre os seus próprios instrumentos e a sua história, numa contextualização teórico-prática. O trabalho pedagógico que os Encontros de Música Antiga têm vindo a realizar ao longo dos anos, já possibilitou a aprendizagem e o contacto com instrumentos antigos e com a música antiga a centenas de alunos e entusiastas de todas as faixas etárias na região algarvia e não só, em consonância com o trabalho que é feito também pelo Conservatório de Música de Loulé.

De referir que este evento é também uma homenagem à figura do seu fundador, o professor Francisco Rosado, que deu relevância nacional e internacional a estes Encontros de Música Antiga. Por outro lado, constitui uma oportunidade para o público desvendar a riqueza do património religioso deste concelho, com destaque para a Igreja Matriz, agora renovada após profundas obras de reabilitação, e que será, de certo, o enquadramento perfeito para apreciar todas estas propostas. Todos os concertos são de entrada livre.